Fusões e aquisições: entenda o que são

Fusões e aquisições: entenda o que são

Fusões e aquisições são estratégias valiosas quando o assunto é crescimento dos negócios. Atualmente, as grandes empresas realizam essas operações, visto que o mercado brasileiro de compra e venda de empresas está em constante desenvolvimento. O baixo crescimento econômico em nível global faz com que as empresas busquem um reposicionamento na forma de alianças. 

Existem diferentes fórmulas para o desenvolvimento de negócios, incluindo fusões e aquisições de outras empresas ou capital externo. Para entender a diferença entre essas duas técnicas de reorganização empresarial, é necessário primeiro definir o conceito de ambas. 


O que é uma fusão?

A fusão pode ser entendida como a união de duas ou mais empresas independentes para a criação de uma terceira, com uma só administração e uma só propriedade. Essa nova sociedade, assumirá todas as obrigações ativas e passivas das sociedades anteriores. O objetivo de uma fusão é crescer e aumentar a participação no mercado operacional, aproveitando os pontos fortes de cada empresa dissolvida, ou seja, a fusão quer obter a melhor parte de cada uma. Como resultado da fusão, os sócios das empresas envolvidas tornam-se sócios da nova empresa incorporada. Como a operação não envolve a liquidação das empresas originais, os parceiros não recebem dinheiro ou bens, mas ações da nova entidade. O tempo de adaptação ao processo tende a ser mais lento e mais longo, já que mesmo com a imposição de uma cultura corporativa, geralmente há o cuidado de unir ambas de maneira efetiva e equitativa.

 

O que é uma aquisição?

Já as aquisições são acordos por meio dos quais uma empresa adquire parcialmente ou em sua totalidade outra empresa. Nenhuma nova ação é publicada no caso de uma aquisição, tampouco uma nova entidade corporativa é registrada. Dessa forma, uma das empresas necessariamente permanece, mas isso não significa que a outra acabará. Ela pode ou não permanecer, mas sob nova direção. As formas de pagamentos podem ser dinheiro, ações, títulos, entre outros. O tempo que o processo dura, em geral, é mais rápido, uma vez que pode ocorrer uma predominância da empresa adquirente.

 

Vantagens de fusões e aquisições

Fusões e aquisições oferecem benefícios financeiros aos proprietários dos negócios originais e à nova entidade resultante da fusão. Conheça alguns benefícios estratégicos.


Acesso a novos mercados e melhor capacidade de atender mercados existentes

Ao quebrar as barreiras geográficas, aumenta-se a participação de mercado e a concorrência pode ser reduzida. Além disso, permite-se rápida diversificação da empresa, o que torna possível a combinação de recursos complementares entre as companhias participantes. 


Redução de custos e maior lucratividade
 

Por meio da consolidação de serviços, os processos tendem a ser otimizados,  o desperdício é eliminado e as falhas corrigidas. Com uma estrutura mais limpa e com os instrumentos de produção sob um único gerenciamento ou concentrados no mesmo espaço os custos são reduzidos e, consequentemente, mais rentabilidade. 


Vantagens Fiscais

Em alguns casos, é possível obter incentivos fiscais na redução de tributos que podem aumentar os benefícios de aquisições e fusões, devido à existência de isenções ou bônus. 

Nossos conselheiros jurídicos, em coordenação com as demais áreas de consultoria, podem ajudar você nas operações de fusões e aquisições. Sempre inspirados pela busca da excelência, contribuímos de forma positiva para que as transações de nossos clientes se tornem histórias de sucesso. 


Até a próxima!